Arquivo Categoria: Plantas Santa Maria

Losna

A Losna (Artemisa absinthium; Losna-maior; losna) é uma planta vivaz que atinge 40 a 80 centímetros de altura, toda ela possui uma fina penugem de aspecto prateado e apresenta flores amarelas em pequenos capítulos. O odor da losna afasta os mosquitos. As carraças dos cães são eliminadas com um banho utilizando a decocção desta planta. Utiliza-se a infusão ou decocção de losna como insecticida nos humanos. A losna tem uma acção antitóxica em pessoas intoxicadas pelo chumbo, como pintores, tipógrafos, etc.

Alfavaca

Alfavaca (Parietária Officinalis), conhecida ainda por outros nomes como Erva das Muralhas, Erva dos Muros, Erva das Paredes, Pulitária ou Parietária.

Era usada externamente em cataplasmas nas queimaduras, inchaços (edemas), feridas, gretas dos lábios, da pele e do mamilo e fissuras anais.

No uso interno, a sua aplicação na forma de chá feito a partir das folhas e adoçado com mel é utilizado nas doenças das vias urinárias; em nefrites, cistites, prostatites, calculose renal (O uso prolongado desta infusão dissolve os cálculos renais, evitando muitas vezes a intervenção cirúrgica) e a retenção de urina (oligúria). Ao mesmo tempo em que faz aumentar a produção de urina, desinflama todo o aparelho urinário. Recomenda-se também nas digestões pesadas, em doenças do estômago e intestinos, na flatulência, hepatites, na febre e na tosse.

Erva de São Roberto

.

.

.

Erva de São Roberto (Geranium Robertianum, Sardinheira, Gerânio), é uma planta com excelente propriedade hemostática ( Detenção do fluxo do sangue; Conjunto das leis do equilíbrio do sangue nos respectivos vasos). Evita as perdas de sangue anormais e regula o fluxo hemorrágico. É recomendada para os problemas femininos de metrorragia e de menorragia. A ingestão de tisanas desta planta pode contribuir favoravelmente para tornar a vida da mulher mais fácil.

Tem ainda propriedades diuréticas, adstringentes, fluidificantes do sangue e hipoglicemiantes de acção ligeira, pelo  que também se pode utilizar na diabetes.

Malva

A Malva (Malva sylvestris), é uma das plantas herbáceas da família Malvaceae, composta por diversas espécies espalhadas pelos 5 continentes. Conhecida popularmente por vários nomes, variando de região para região, malva-maior, malva-de-botica ou malva-selvagem, é uma planta usada em fitoterapia e as folhas são a parte mais usada na medicina popular.

O uso da malva é indicado nas inflamações da boca (aftas e gengivites) e garganta, principalmente na forma de gargarejos. O chá é usado em casos de prisão de ventre, úlceras e gastrite. Na forma de emplastro, a malva é recomendada para tratar abcessos e as compressas feitas com as folhas são consideradas ótimas para aliviar queimaduras de sol.

Arruda

Arruda, (Ruta Graveolens, Arruda-da-montanha; erva sagrada; Arrúdia; Ruta-de-cheiro-forte; Ruta Hortensis, Ruta Latifofolia), planta herbácea vivaz, que chega a atingir 1 metro de altura, de cheiro intenso e peculiar . A sua indicação medicinal é atribuída a uma essência rica em metilnonilcetona.

Tem efeito sobre o útero (contrai o útero ocitocica), facilita a menstruação (emenagoga), sendo aplicada em casos de amenorreia (falta de regras) e de dismonorreias (regras dolorosas). Tem ainda indicação anti-séptica, antiespasmódica (acalma cólicas abdominais), anti-reumática e anti-hemorrágica.

Em afecções dermatológicas é útil no tratamento tópico de eczemas, psoríase, sarna e outras afecções da pele.

Aipo

Aipo (Apium graveolens; Apium sativum), originária do Médio Oriente, planta encontrada no estado selvagem e com muitas variedades. É rico num óleo essencial que lhe confere um sabor agradável ao ser ingerida. O aipo pode ser ingerido cru, em saladas ou cozinhado. Pode ser utilizado em sumo, as folhas e caules a que se juntam uma gotas de limão, toma-se meio copo a cada refeição. Tem um efeito refrescante e tonificante de excelente qualidade.

Terapia do Limão

Na sequência do artigo “Limoeiro“. deixamos a Terapia do Limão, como prometemos. Utilizada para libertar o organismo das toxinas, a terapia do limão é eficaz no combate a cerca de 150 doenças entre as quais doenças venéreas, sífilis, e blenorragia, até algumas doenças neurológicas, cardíacas e cancerígenas, ficaz no tratamento do artritismo, gota, reumatismo, arteriosclerose e no envelhecimento. No organismo a acidez do limão é transformada em substância alcalina que exerce acção inibidora sobre a acidez gástrica, sendo por isso excelente para combater a azia.

Limoeiro

Limão (Citrus Rutaceae) é rico em vitamina C, ácido cítrico e flavonóides, bemcomo as folhas do limoeiro que protegem os vasos sanguíneos e melhoram a circulação venosa. O sumo de limão tomado com regularidade protege da aterosclerose  e remove placas de gordura das artérias (ateromas); tem propriedades anti-inflamatórias, anti alérgicas e hipotensoras (ajuda baixar tensão arterial). É utilizado no tratamento de gripes, constipações, amigdalites, faringites, gota e reumatismo e também na prevenção do escorbuto.

Macela

Macela (Matricária aurea), é uma planta medicinal também conhecida em português não padrão de “marcela”. outros nomes são dados à mesma planta dependendo da zona geográfica, como por exemplo, macela-do-campo, macelinha, macela de travesseiro, camomila nacional. As flores são amarelas, com cerca de um centímetro de diâmetro, florescendo em pequenos cachos. As folhas são finas e de cor verde-claro, meio acinzentada, que se destaca da restante vegetação do campo. Planta aromática cujas flores são usadas em travesseiros com finalidades calmantes. Em chá é indicada para problemas digestivos, azia e para acalmar cólicas abdominais e alívio de dores de cabeça. A macela também é utilizada como um bom clareador natural para os cabelos de tons castanho claro para alourar, a macela é o principal componente activo de alguns champôs para cabelos claros.

Salsaparrilha

Salsaparrilha (Smilax áspera; Salsaparrilha das boticas), possui propriedades depurativas e diuréticas. Partes utilizadas: A raiz e os rizomas. Planta que trepa por árvores ou barreiras, produz frutos sob a forma de bagas vermelhas do tamanho de ervilhas.

Princípios Activos: Óleo essencial, tem glicósidos saponínicos  e resina, tanino e colina.

Ajuda a eliminação da Ureia, ácido úrico e outros resíduos orgânicos. Utilizada no tratamento de gripes, febres tropicais, digestões pesadas, acne, eczemas, gota, reumatismo, artritismo, nefrites, insuficiência renal e cálculos renais.

WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera
Real Time Web Analytics