Terapia do Limão

Na sequência do artigo “Limoeiro“. deixamos a Terapia do Limão, como prometemos. Utilizada para libertar o organismo das toxinas, a terapia do limão é eficaz no combate a cerca de 150 doenças entre as quais doenças venéreas, sífilis, e blenorragia, até algumas doenças neurológicas, cardíacas e cancerígenas, ficaz no tratamento do artritismo, gota, reumatismo, arteriosclerose e no envelhecimento. No organismo a acidez do limão é transformada em substância alcalina que exerce acção inibidora sobre a acidez gástrica, sendo por isso excelente para combater a azia.

A terapia do limão faz-se de forma gradual, começando por beber sumo de 1 limão no primeiro dia, aumentando 1 limão a cada dia atéao 10º dia reduzindo em seguida 1 limão por dia até chegar novamente a 1 limão ao 19º dia; tomar o sumo de limão antes do pequeno-almoço 30 a 40 minutos. Deve fazer um intervalo de igual período de tempo antes de iniciar uma segunda terapia. Não se deve adicionar nem água, nem açúcar, para não estragar o esmalte dos dentes deve tomar o sumo de limão com uma palhinha. Não fazer esta terapia se tiver ou suspeitar ter úlcera gástrica. Para quem tem tendência a hipotensão arterial, não deve ultrapassar a quantidade de 6 limões (1 até 6, depois iniciar a redução).

Podem ocorrer efeitos secundários de dores musculares, erupções, diarreias, acne, diminuição da tensão arterial e outras disfunções, só se deve interromper o tratamento se for constatada a existência de úlcera estomacal ou outros sintomas graves.

 

 

 

Uma Resposta Terapia do Limão

  1. Cami diz:

    We could’ve done with that isinght early on.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WordPress SEO fine-tune by Meta SEO Pack from Poradnik Webmastera
Real Time Web Analytics